Luísa Montenegro

Luísa já fez de tudo um pouco na vida. Foi professora de Inglês, jornalista, apresentadora de TV. Em 2010, trocou a faculdade de Jornalismo pelo curso de Comunicação Organizacional, pioneiro no país, na Universidade de Brasília.

Sua paixão pela leitura começou aos quatro anos, quando aprendeu a ler com gibis da Turma da Mônica. A partir de então leu todos os livros que chegavam às suas mãos. Na biblioteca do avô leu clássicos empoeirados da juventude, literatura de cordel, contos de fada sombrios, livros de mitologia grego-romana e latino-americana. Na biblioteca da escola leu a Coleção Vaga-Lume, os Karas, Ana Maria Machado.

A relação com a escrita surgiu mais ou menos na mesma época. A família incentivou e escrever pareceu algo muito natural. No Ensino Médio, ganhou um concurso de crônicas. O prêmio foi o feedback e um bate-papo com o jurado, o escritor Moacyr Scliar. Mas, quando entrou na universidade, acabou por deixar a escrita na gaveta. Em 2011, resolveu dar uma chance verdadeira à carreira de escritora. Começou a ler literatura especializada. Fez workshops de ficção especulativa, participou de grupos de leitores e leitoras beta, escreveu algumas coisas, recebeu algumas rejeições. Em 2013, seu conto “Ruínas” foi escolhido para compôr a antologia “Fantástica Literatura Queer, volume Azul”, da antiga Editora Tarja.

Forma-se em seu curso em 2014 e já pretende engatar um mestrado. Sabe que sua vida estará dividida entre a Academia e a Literatura e não acha isso nem um pouco incompatível.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s