Primeiras histórias

Como contamos na segunda-feira passada, decidimos testar o cenário fazendo contos. A ideia era conhecer mais nossa história, nossas personagens e interagirmos melhor na escrita conjunta.

Definimos alguns parâmetros para esses contos: teriam que ter no mínimo 500 palavras e não precisavam ter  tanta acuidade técnica (sem entregar uma coisa mal-feita, claro). Teríamos uma semana para finalizar os textos e discutiríamos a nossa produção na reunião de sexta-feira.

Os dois primeiros contos, meu e da Luísa, respectivamente, tiveram como títulos “A encomenda” e “O Centro”. Continuar lendo

Publicado em Diário de Bordo | Marcado com , , , , , , , , | 1 Comentário

Escrita, excelência e escolhas conscientes – a técnica literária como uma ferramenta, não uma limitação

Não existe regra absoluta na criação literária. Uma pessoa que escreve e consegue dominar seu texto e estilo muitas vezes comete erros propositais – contrários às técnicas usuais de escrita – e, justamente por causa desses erros, faz algo genial.

Escrevemos primeiro por prazer. Algumas pessoas adotam um clichê como mote de vida e sentem que vão morrer caso não escrevam. Existem aquelas que têm uma espécie de êxtase cartásico ao criar uma história, enquanto, para outras, escrever é um ato natural como respirar – simplesmente escrevem, pois é da sua natureza. Há também aquelas que apenas gostam de escrever, sentem-se bem. Descobrir o porquê cada um escreve é uma excelente discussão de bar, mas a conclusão é que existem tantos motivos quanto pessoas que escrevem. Sejam poemas que ficarão eternamente na gaveta, fanfics para amigos, livros infindáveis que jamais ficarão prontos, histórias para jogos de rpg ou contos e romances que planejam publicar para serem famosas e reconhecidas. Continuar lendo

Publicado em Teoria e Técnica | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Mudanças

Recapitulando o último capítulo de nosso diário de bordo do Escrevendo Fantasia, no final de 2014 decidimos dar uma pequena pausa em nossos trabalhos, à guisa de férias. Essa pausa acabou se estendendo mais do que gostaríamos – quase um mês. Após o período, nos reunimos para discutir os rumos de nossos projetos – este blog, a página do Facebook e, principalmente, o livro de fantasia que pretendemos escrever a quatro mãos.

Por um momento, um momento apenas, o clima ficou tenso. Continuar lendo

Publicado em Diário de Bordo | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

7 dicas para usar (bem) metáforas e comparações

Todos nós, em algum momento do ensino fundamental ou médio, aprendemos que a metáfora é uma figura de linguagem utilizada quando substituímos um termo por outro que não possui o seu sentido originário, criando uma ligação semântica antes inexistente. E comparação é a figura em que se compara um elemento com outro, dando-lhe um sentido conotativo. Em outras palavras, quando dizemos uma coisa significando outra. Mas, para escritoras e escritores, elas podem ser bem mais do que isso. Continuar lendo

Publicado em Teoria e Técnica | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Voltamos das férias!

Blog tira férias? Essa foi a nossa dúvida no final de 2014. Em um cenário perfeito, com uma equipe que possa trabalhar em regime de plantão – para quem não está familiarizado, no jornalismo as equipes são alocadas em um sistema de revezamento nos fins de semana e feriados -, um blog não deveria parar. Porém, quando a equipe é mais enxuta, e ainda por cima é responsável pela página do Facebook e por escrever um livro, férias coletivas podem ser um imperativo.

Foi o caso do Escrevendo Fantasia. Continuar lendo

Publicado em Diário de Bordo | Marcado com , , | Deixe um comentário

Férias!

Hoje, dia 22 de dezembro de 2014, nós entramos em férias aqui do Blog. Não se preocupem, serão curtas, voltamos já no dia 05 de janeiro de 2015.

Nossas postagens na página do Facebook vão diminuir um pouco o ritmo também, mas não vamos parar, então continue nos acompanhando lá!

E temos algumas ideias para por em prática no ano que vem. Preparem-se!

Desejamos a todas e todos em excelente fim de ano e alegria em suas festividades.

Até o ano que vem, um grande abraço e continuem Escrevendo Fantasia.

Publicado em Diário de Bordo | Marcado com , | Deixe um comentário

Deux ex Machina – o que é e como evitar

Um erro de plot comum entre autoras e autores iniciantes é utilizar o Deus ex Machina – literalmente, “Deus da Máquina”. Esse termo faz referência ao drama grego, quando, em algumas peças, uma crise aparentemente insolúvel era resolvida por um deus – trazido ao palco em um intrincado maquinário – com seus poderes divinos. Na literatura, ocorre quando a pessoa quer tanto manter as personagens nos trilhos e a história da forma como a imaginou inicialmente que apela para acontecimentos aleatórios e intervenções pouco prováveis. Continuar lendo

Publicado em Teoria e Técnica | Marcado com , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Outras mudanças

Existem certas dificuldades em escrever. Algumas mais óbvias, outras nem tanto. Quando começamos o projeto, sabíamos de algumas delas, mas é um pouco mais difícil organizar um trabalho criativo em duas pessoas.

Primeiro, as dificuldades diárias sempre afetarão sua escrita. Para nós que não vivemos de escrever – ao menos ainda – o trabalho, as tarefas, a faculdade, as contas, os relacionamentos amorosos e de amizade, tudo isso afeta nosso tempo de escrita, porque acabam, na necessidade do dia a dia, tendo prioridade sobre escrever. Continuar lendo

Publicado em Diário de Bordo | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Não conte, mostre (mas pode contar também)

Provavelmente você já deve ter ouvido ou lido por aí o conselho “não conte, mostre”. Mas o que é “contar” e o que é “mostrar”? Contar é apresentar informações úteis para a continuação da história – como enredo, passado das personagens, motivações, histórico do mundo, dentre outros – através da voz do narrador. Quando uma autora ou autor “conta” algo, as informações são lançadas diretamente no texto, num fluído contínuo, como em uma aula expositiva. É muito comum, por exemplo, em contos de fada. Continuar lendo

Publicado em Teoria e Técnica | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

Quase um primeiro capítulo

Começamos o projeto do livro conjunto há aproximadamente 9 meses. A ideia inicial se desdobrou em um segundo projeto, este blog, contando nossa experiência e também trazendo um pouco do que aprendemos escrevendo.

Nesses nove meses, nós planejamos, discutimos, criamos conceitos, abandonamos conceitos, refizemos o trabalho, construímos um cenário, civilizações, leis cósmicas, mitologias e histórias. Construímos as personagens e também fizemos as plots do livro, tanto as de cenário macro como as pessoais. Decidimos, por fim, o esqueleto da história.

E, então, não nos restou mais nada senão escrever. Continuar lendo

Publicado em Diário de Bordo | Marcado com , , , , , , , , , | Deixe um comentário